Como aprimorar o ritmo musical | Instituto Cânone

E ai, pessoal! Tudo certo por aí?

Algo que muitas pessoas me perguntam é como ter ritmo musical e aprimorá-lo. Muitas pessoas pensam que ritmo é uma coisa inata do ser humano, mas essa avaliação está completamente errada.

Qualquer pessoa que deseja ser um músico de sucesso, precisa estudar e praticar ritmo, da mesma maneira que precisa praticar qualquer outra técnica, pois o ritmo também pode ser aprimorado e desenvolvido.

Uma dica para quem quer se desenvolver no campo do ritmo é tocar sempre com um metrônomo ao lado. Quem utiliza metrônomo nos treinos de técnica é como se tivesse um general militar ao lado dizendo: “Não saia do andamento!”. Isso faz o músico desenvolver não só a precisão, mas também a acentuação, fator muito importante para qualquer instrumentista.

Para quem não sabe metrônomo é como um relógio musical, podendo ser analógico ou digital, sendo possível usar até mesmo em seu celular, como um aplicativo. Assim como o relógio é responsável por marcar o tempo e orientar quanto a ele, musicalmente o metrônomo desenvolve o mesmo papel.

Um metrônomo marca o tempo dentro de um compasso, e um compasso nada mais é do que a forma de dividir grupos de sons dentro de uma composição. Ou seja, o metrônomo é responsável por marcar a duração de cada som dentro de uma música.

Um outro conceito importante vinculado ao ritmo é o do compasso. De acordo com o tipo de compasso empregado se definirá o acento que as notas musicais assumirão dentro da composição musical. Na partitura ou pentagrama, o compasso aparece na forma da fração que surge no início da pauta, determinando como se dará a velocidade, a divisão e agrupamento das notas.

Um compasso é uma forma de dividir quantitativamente em grupos os sons de uma composição musical. Os compassos facilitam a execução musical, ao definir a unidade de tempo, o pulso e o ritmo da composição ou de partes dela, mas isso é assunto para um outro post de blog!

Abraços, até a próxima! :)

 

Gostou do artigo? Compartilhe:
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Email
Twitter
Pocket
Imprimir

Siga a Cânone no Facebook